Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2012

Predios desabam no Centro no Rio de Janeiro

Imagem
Fica aqui minha indignação com relação a como as autoridades estão dirimindo certas situações no Rio. Em primeiro lugar, se compararmos com eventos de maior porte onde segurança é fundamental, a área foi isolada  tempos depois do ocorrido e o metrô (que passa embaixo continuou funcionando até um certo momento). Já tivemos o caso da explosão do restaurante na Praça Tiradentes e explosão de bueiros na rua Carioca, todos um tanto próximos da localidade onde ocorreu o evento.

Um pequeno conto fantasioso sobre nossos dias.

O relógio do banco atrasou. Dissera o gerente que turbulências no pólo norte alteraram drasticamente os servidores e por isso meu bolso estava vazio. Disse a ele, calmamente, que era uma pessoa feliz e que tanto faz se o mundo fora criado ou surgido ao acaso, afinal em qualquer sistema político é pecado ser anarquista e duvidar dos poderes divinos, e que esperaria confiantemente as contelações vizinhas á via láctea colaborarem com a eutrofização dos rios brasileiros assim que o sistema no servidor reiniciasse seus serviços. O gerente sorriu, pegou uma xícara de café, disse que eu poderia estar sofrendo um castigo divino, afinal há mendigos na rua que coletam moedas dadas e que poder é algo concedido, então se é utópico a divindade para o anarquista também é a revolução para o sistema politico divinamente organizado. Eis o por quê: "A Politica seria a Chave Mestra de dizer como as coisas irão acontecer, quando e de que modo. Jamais poderia estar em mãos das engrenagens humanas, e…