UPPs e a realidade organizacional de cada Favela


    Faz algum tempo que estou como Coordenador de um Projeto da Secretaria Municipal de Trabalho e Emprego, o "Itinerante do Trabalho". Estamos visitando diversas favelas e emitindo Carteiras de Trabalho e realizando Intermediação de Emprego.
   Temos dedicado, devido a uma conformidade para o projeto, ás áreas Pacificadas. Não é surpresa que a forma como as favelas tem se organizado (maioria delas, claro, tem uma característica "espontânea") tem sido a adotada pelas Unidade de Polícia Pacificadora.





(Itinerante do Trabalho realizado em evento na Comunidade Santo Amaro)










   A observação tomou como princípio duas características:

      1) Topografia
      2) Sociedade

"Topografia" visto que muitas das "vielas"/"ruas" etc não se comunicam totalmente, justificando inclusive o porquê da existência de diversas comunidades em uma mesma Favela. Fora isso a disposição no próprio morro, dada suas características próprias.

"Sociedade", aqui querendo explanar as diversas "comunidades" em uma mesma favela, ainda que haja comunicação (vielas, ruas, vias "carroçáveis" entre si) mesmo assim os indivíduos se distinguem quanto á territorialidade. Muito aqui tem a ver com a "cultura" e com as condições sociais a que esses indivíduos estavam submetidos antes da implantação da UPP (Unidade de Polícia Pacificadora).

          Claro que as quatro UPPs no Complexo do Alemão (Adeus/Bahiana, Fazendinha, Alemão e Nova Brasília) se justificam pela Topografia, embora o ítem "Sociedade" se justifique bastante naquele meio. No caso da Cidade de Deus temos um Comando e algumas subdivisões (lá é mais "plano", não pude observar a questão da territorialidade).

                        O que tenho notado, e posso estar errado, é que uma Unidade de Polícia Pacificadora adentra o local delimitado e agrega as comunidades delimitadas e se há duas UPPs fazendo fronteira entre si, é porque previamente já havia essa delimitação tanto em termos de sociedade quanto topográficos. Embora creia que "em termos de sociedade" seja mais delimitador do que os "topográficos", salvo casos específicos (morros distantes, etc).

  

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MiniCurso Análise Técnica/Gráfica Cap 5 #MercadoFinanceiro

MiniCurso Análise Técnica/Gráfica Cap 3 #MercadoFinanceiro

MiniCurso Análise Técnica/Gráfica Cap 4 #MercadoFinanceiro